Namorar caras quente

Como é namorar com alguém quando você não pode transar ... Também comecei a sair com caras outra vez. ... Ele achou que eu estivesse com frio, apesar de ser uma noite quente. Quando chegamos ... Veja dicas para namorar um homem mais velho . Muitas mulheres se sentem atraídas por homens mais velhos. Elas dizem que eles passam maior confiança, têm uma personalidade mais desenvolvida e ... Bruno Fagundes 'descobre' Instagram e atinge 1 milhão com fotos ... 17 Jun 2019 ... Fãs de Fiuk não estão sabendo lidar com o namoro: 'Traiu o Brasil inteiro'.O ator diz que a nova fase nas redes tem a ver com uma relação ... tvefamosos.uol.com.br Parece paradoxal. Por que namorar por aí faz você parecer mais difícil de conseguir, não mais fácil. Mas é assim que funciona. Namorar vários homens fará de você um objeto de desejo. Lembre-se, os caras que te chamam de vagabunda vão para casa todas as noites para uma grande coleção de pornografia, não para uma mulher. Mini - curso: Descubra a Partir de Agora Como Aumentar as suas Chances de Ter o Seu Ex de volta em 10X vezes Mais … Explorando A Seu Favor Uma Brecha Oculta Que Existe Na Mente Masculina A fim de Fazê-lo Voltar Rastejando Aos Seus Pés em 30 Dias...E funciona Mesmo Se Ele Estiver Te Rejeitando, Esteja Ignorando Você, Tenha Te bloqueado ou Mesmo Se Ele Tenha Dito Que Não Gosta Mais De Você. 11 coisas esquisitas que mulheres negras já ouviram ao namorar caras brancos. 1 / 20. 21 vozes negras muito especiais pelas quais somos gratos em 2016 1 / 20. Sugira uma correção. 6 motivos para você namorar uma mulher baixinha. 13 Fev 2018 ... Primeiramente, devemos deixar claro que isso necessariamente não significa uma vantagem, já que as mulheres mais baixinhas tendem a se ... br.blastingnews.com

O motivo de ter desistido de relacionamentos

2020.07.27 06:05 b_bast4rz O motivo de ter desistido de relacionamentos

Olá Lubisco, editores, gatas, finados papelões,possível convidado e turma que está a ver.
Espero que estejam todos bem ^^
Bom, eu tinha um pouco de receio de contar essa história com medo de dar algum B.O, mas acredito que se não citar nomes não vai ter problema, plus não tenho nada a perder explanando isso pq a pessoa em questão não acompanha o canal(inclusive falava mal do Luba chamando ele de "chaveirinho de hétero")
A história é beeeeeeeem longa então me desculpem :/
Essa é a história do meu último relacionamento
Antes de conhecer a dita cuja eu namorei outra menina por 4 anos, e foi um relacionamento bem tóxico e abusivo, minha auto estima foi destruída aos poucos ao longo dos anos mas mesmo assim eu continuei com ela pelo medo de abandono, pq se eu era a merda que ela falava que eu era mas ainda tava comigo, sem ela eu não teria mais ninguém. Até que chegou num ponto que terminamos de vez e eu decidi ficar longe de qualquer pessoa, mas a carência falou mais alto e fui me aventurar no Tinder pra conseguir algum rolo. Consegui alguns e tals, até que conheci a Jenny(nome fictício). Ela era linda e tinha muito em comum comigo, tínhamos a mesma idade, nascemos no mesmo mês e os gostos eram idênticos, e curiosamente ela também tinha saído de um relacionamento abusivo(que eu descobri que era mentira, mas conto sobre isso depois) ficamos por alguns meses e eu decidi pedir ela em namoro, e foi aí que minha vida mudou. Todo aquele terror do meu último namoro sumiu e foi só felicidade, era um namoro perfeito, tínhamos planos pro futuro, sonhos e tals e eu achei que daria tudo certo, até que chegamos em 2019. No início do ano ela tinha pedido pra terminar comigo, porque estava duvidando da sua sexualidade(ela era bi, mas tava pensando que era na verdade lésbica) eu entendi a situação e mesmo ficando triste aceitei o término e disse que se fosse pra gente ficar junto a gente ficava. Foram 4 dias separados até que ela voltou atrás e pediu pra voltar, aceitei e as coisas ficaram como eram antes, pelo menos por uns 2 meses. Ela morava numa república com amigos, todos homens, eu conhecia todos e também considerava eles meus amigos, e sabia que eles respeitavam nossa relação, porém um deles, que até então não representava uma ameaça começou a ficar bem próximo dela, achei um pouco estranho no começo,mas confiava nos dois. Mas as coisas começaram a tomar um rumo beeeeem mais estranho, ela chamava ele pra sair pra bares mas não me chamava(não era muito meu tipo de rolê na época, então eu acabava evitando, um erro bem idiota meu), Overwatch que era um jogo que eu comprei pra jogar com ela, ela jogava 2 ou 3 partidas comigo mas ficava horas a fio com ele e pra fechar, filmes que a gente tinha marcado de ver junto ela via com ele. Isso começou a me incomodar muito e eu cheguei q conversar com ela diversas vezes, mas ela sempre vinha com a desculpa de que não tinha nada e que ela via ele como um irmão.
Acreditei, mas ainda sim fiquei receoso por um tempo. Eis que chegou Junho, ela tinha uma apresentação na faculdade e eu estava a caminho pra poder assistir(tinha trocado de curso pro curso dela, não me arrependo mas evitar ela nos corredores foi foda) no caminho ela me disse que depois da apresentação ela ia pra uma boate comemorar e disse que como sabia que eu não queria/não poderia ia ela tava me avisando pra eu não me sentir excluído, então eu decidi ir com ela, pq queria fazer parte de alguns dos hobbys dela e me acostumar com a vida de balada e barzinho, chegando na casa dela antes de sair pra faculdade ela me trancou no quarto dando várias desculpas pra eu não ir pra balada com ela até que eu perguntei se ela queria terminar comigo de novo e ela disse que sim. Perguntei se era pelo mesmo motivo de antes e ela confirmou, mas dessa vez era diferente pq ela tinha perdido a atração fisica em mim. Novamente tentei levar na boa falando que se era isso mesmo era pra ela sair e ver o que ela queria, que se fosse pra gente ficar junto a gente ficaria, mas perguntei se ela tava sentindo atração pelo amigo, e mais uma vez ela veio com a mesma desculpa. Saí do apartamento dela e fui pra minha antiga faculdade acudir uma amiga que tava com alguns problemas, acabou sendo uma ajuda mútua :v
Passou uns dias e eu descobri que na mesma noite que ela me largou ela ficou com o cara. Eu não posso apontar o dedo pra dizer que ela me traiu, pq não tenho como provar, mas algumas situações indicam que sim ela me traiu, mas não vou entrar e detalhes quanto a isso agora.
No dia seguinte do término eu ainda não sabia que ela tinha ficado com o cara, mas tava sofrendo demais, na época eu usava o Twitter e fui la afogar as mágoas de noite enquanto fumava, bebia e ouvia músicas. A Jenny acordou depois da noite de bebedeira e foi ver meu Twitter, onde ela printou um tweet e me mandou, tivemos uma discussão pelo Whatsapp que eu vou postar os prints depois.
Os dias se passaram e eu segui triste e remoendo as coisas, cheguei a perguntar amigos dela se ela tinha comentado alguma coisa sobre terminar antes mas nenhum disse nada, até cheguei a perguntar um dos meninos que dividia o apartamento com ela, que ate então era o melhor amigo dela se ele sabia, mas como ele ainda tava do lado dela na época ele não disse nada. Então tomei coragem e fui atrás da fonte do meu ciúme e perguntei se eles tinham ficado, quando ele confirmou eu desabei no chuveiro chorando, pra piorar ele foi falar com ela, que acabou mandando um áudio admitindo que tinha ficado com ele na noite do término, mas estava extremamente puta comigo pq eu tava me intrometendo na vida dela, sei que depois do término ambas as partes não são obrigadas a dar satisfação, mas como tinha sido um término muito estranho eu queria ir a fundo. Depois de chorar horrores eu tentei me acalmar e falei que tinha ficado bem chateado com os dois, porque eu me senti traído. Foi eu falar isso que ela riu da minha cara e me bloqueou de tudo, e vamos de choro de novo, dessa vez ligando desesperadamente pra ela pra me desculpar, quando ela atendeu eu disse que tava de cabeça quente e não pensava direito, na verdade eu só queria manter ela por perto pq eu ainda a amava e queria tentar voltar, até desconsiderei ela ter ficado com o cara na noite do término pq ela disse que tava bêbada e foi coisa de momento, o que hoje em dia eu obviamente não acredito. Tentei manter isso por algumas semanas, mandei algumas mensagens e numa delas ela disse fez alguns testes psicológicos e descobriu que ela era insatisfeita com tudo, inclusive nosso relacionamento e disse que precisava colocar a cabeça no lugar e que não ia namorar de novo pq tinha que ficar sozinha. Dei esse espaço pra ela, mas a ansiedade falou mais alto e eu liguei de novo, dessa vez pedindo pra voltar quando ela tivesse e sentindo melhor, e me coloquei a disposição a ajudar ela com o que precisar, desde indicações de psicólogos e psiquiatras até medicamentos, e mantivemos uma certa amizade por um tempo, se é que da pra chamar assim, já que era ela responder stories no meu insta.
Quando as aulas voltaram e ela passou por mim pelo corredor, fui ignorado e fui chorar no banheiro. Os meses se passaram e eu ainda tinha em mente que era possível voltar, até que uma amiga decidiu tirar o band-aid da minha ferida e me mostrar alguns tweets dela, onde ela dizia que queria o @ dela deitada na cama e que tava muito apaixonadinha, adivinhem quem curtiu esses tweets? O @ dela, o amigo do apartamento . Dias depois eles assumiram um namoro.

Quando eu descobri que ela tinha assumido o namoro com ele, todas as minhas esperanças foram por água abaixo, tudo o que eu queria era meus mangás e pôsteres de volta, tudo que ela tinha deixado na minha casa eu ja tinha juntado numa sacola e só tava procurando alguém pra devolver, pq eu não conseguia olhar pra cara dela sem sentir um misto de tristeza, raiva e decepção. Finalmente achei alguém pra fazer a troca, entreguei a sacola pra uma amiga em comum e ela devolveu pra mim, ficaram faltando os pôsteres então ela entregou outra sacola pra menina, junto dos pôsteres, uma carta em resposta da que eu tinha escrito em Junho quando ainda tinha esperança de voltar(a troca rolou no início de Outubro), nessa carta ela dizia que não acreditava em nada do que eu tinha escrito pelas coisas que eu tava falando dela pelo Facebook, o que na verdade foi uma indireta pra minha outra ex, já que eu tinha ficado sabendo que as duas tinham conversado e a abusiva disse que eu era o monstro a relação e que ela sempre tentou me ajudar. Vou passar por isso rapidamente, a ajuda dela eram ameaças de término se eu não fizesse o que ela queria, seja entrar na faculdade, arrumar um trabalho ou tirar carteira, e como minha mente já tava toda fudida pelos outros abusos, meu medo de abandono gritava enquanto eu tentava fazer o que ela me mandava, que quando sem sucesso ela ficava puta. O post no FB era um print do Twitter dizendo "todo mundo é tóxico menos você né? Anjo perfeito enviado dos céus", desbloqueei minha ex abusiva exclusivamente pra ela ver isso, mas acabou atingindo outra pessoa, mas se a carapuça serviu eu não posso fazer nada.
Sabendo que ela via meus posts de alguma forma, deixava alguns posts em público, queria que ela visse que eu tava desapontado com o que ela fez, e também queria me lembrar pra sempre do que acontece quando a gente se entrega pra alguém. Esses posts levaram a uma situação onde uma amiga dela pegou todos e printou e postou no Twitter pra me ridicularizar, e chamou a Jenny pra bater palma pra isso, quem me disse isso foi o melhor amigo dela, agora não mais já que eles brigaram. Com essa situação eu decidi pegar vários áudios que minha amiga tinha salvo a minha ex metendo o pau dessa amiga por conta do show do BTS e fiz um vídeo, mas não postei em lugar nenhum, deixei salvo aqui esperando algum outro post escroto.
Hoje eu acho que nem postaria, pq só quero ficar em paz, a menos que tenha alguma outra situação do tipo, pq não vou ficar calado.
Sobre o relacionamento abusivo dela, como ela foi atrás da minha ex, tomei a liberdade de fazer o mesmo um tempo depois e disse as coisas que ela falava dele, o que ele me disse foi que ela dizia a mesma coisa de outro ex. É como se fosse um ciclo vicioso, ela namora uma pessoa, se arrepende e essa pessoa vira um monstro que ela conta pros outros namorados pra eles sentirem pena.
Enfim, quero finalizar aqui dizendo à todos que eu não odeio ela, mesmo o ódio sendo negativo ele é um sentimento forte demais pra sentir por alguém que te fez tanto mal, só fico desapontado com o que ela fez comigo, eu fui sincero com ela falando o que eu passei por 4 anos em outro namoro e ela me disse que também passou em um, éramos duas pessoas quebradas e na minha mente os pedaços faltando de ambos se completariam, mas não é assim que funciona e não foi isso o que ela fez. Ela viu o quanto eu era quebrado mas decidiu quebrar mais, não só isso, fazendo isso ela tirou completamente minha capacidade, minha coragem e minha vontade de amar, eu real não consigo me entregar de novo pra ninguém, pra me lembrar disso pra sempre uso uma aliança preta representando o luto. Se você leu até aqui, muito obrigado de verdade, eu sinto que tirei um peso gigante das costas com isso, grato pela atenção de todos.
Os prints estão no Imgur e o tem um áudio e um vídeo que não deu pra postar, depois eu dou um jeito de mostrar pra vocês ^^
https://imgur.com/7tESoww - Discussão que tivemos no dia seguinte
https://imgur.com/nWl5UDt - Quando eu descobri que ela ficou com o cara
https://imgur.com/A85izEl - As cartas
https://imgur.com/tCDNS2b - Conversa com o ex dela
https://imgur.com/feDWFhP - História que ela inventou no TT. Pra mim ela tinha dito que era a mãe que traía o padastro depois do divórcio, mas ela quis queimar o pai dessa vez não sei pq.
submitted by b_bast4rz to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 16:08 GazellaLachifre O beijo perfeito

Olá, sou uma menina pan, que ainda tem muito para viver. Podem me chamar de Gazella, e alerto, essa história é graaande e fofa, depois tem continuação com tragédias. Porém, gostaria de compartilhar esse momento da minha vida.
Bem, em 2019, eu tinha acabado de superar do meu primeiro relacionamento de verdade, esse também, uma bosta daquelas. Mas felizmente, estava saindo de uma escola que eu eternamente vou odiar, ou talvez não. O motivo de eu odia-la, é outra história para contar. Quando eu saí dessa escola, eu estava louca para namorar uma menina, desesperada por um romance, eu tinha 14 anos e talvez, ainda nem tenha idade para viver um romance de verdade. Eu tinha um grande crush numa menina da minha antiga escola, que continuava a ser minha amiga e ir me visitar no colégio em que estava no momento. Eu deixava muito claro que era afim dela, mas, ela não estava preparada para sair do armário e também eu não posso e nem devo puxar ela para fora dele. No final, ela acabou me decepcionando com as indecisões dela sobre mim e eu acabei seguindo a vida sem a guria. E onde eu quero chegar com isso? Então, isso foi o que me deixou louca para conseguir algum crush em alguém, pois eu não tinha feito amizades na escola, portanto, sem motivos para querer ir e me empenhar nos estudos. Mas sabe o que poderia me deixar animada para ir na escola todos os dias? Um crush, daqueles que você sabe que provavelmente nunca vai ter, mas era suficiente para mim. Daí apareceu minha amiga, Lex, que na época, do nada me deu um Doki Doki e por algum motivo, veio do olhar que ela me direcionou (quase nem direcionou), tinha sido muito UOu. E eu entrei numa missão em saber se eu tinha chances com aquelas menina, no final, não perguntei nada pq tinha muita vergonha na cara para chegar do nada e falar "coé, gostaria de dar uns pegas?" E aí, que uma colega de sala, antigamente ficante de festa, me disse que ela tinha uma prima sapatão, ou seja, pelo menos assumida para si mesma. Me bateu um fogo no cu, que rapidamente eu pedi para informações sobre ela e se eu tinha chances. E vocês já sabem como termina, né? Contatinho trocados. Conversa vem e conversa vai, eu e essa prima da coleguinha, combinamos de sair o que era para ser um encontro nosso. Curiosidade, seria a primeira vez que sairia sozinha com alguém sem meus pais conhecessem esse alguém. Por mais que tivessem duas velas no encontro, o irmão dela, que a levou e o amigo dela que teve que ir ou a mãe dela não deixava ir "sozinha", ele não pode ser mais perfeito para o primeiro de todos. Sim, foi meu primeiro pq o antes dela nem fez um esforçinho. No final, não teve beijos, ou coisa assim, foi fofo e eu me diverti muito com ela. Sonsa do jeito que era, eu pensei que a Lulu era a destinada. Sinceramente, é um pensamento fofo que eu tenho da minha parte mas bem problemático. Passou-se um tempo e do nada estávamos namorando, aliás, nem data teve para o começo do namoro porquê não teve pedido??? A gente somente começou a chamar-se de namoradas. Mas, a gente ainda não tinha dado um selinho, e bem, adolescente, fogo no cu, destinadas, já sabe né. Um fato relevante, meus pais ainda não sabiam sobre minha sexualidade. Com o pensamento de pegação em mente, eu chamei ela para vir aqui em casa, quando não tivesse ninguém, o que ano passado era bem comum já que meus pais trabalhavam e meus avós cuidavam de meus irmãos mais novos. E deu certo, mesmo nervosa, ela veio. No começo foi conversar para lá e cá, até eu ter uma atitude e dar o primeiro passo. Eu nunca na minha vida, até aquele dia, eu sabia que conseguia dar o primeiro passo, que no caso, se eu não o fizesse, ficaria sem a porra de um beijo, e eu queria muito saber se o beijo era tão bom quanto nossa comunicação. E rolou gente, E COMO ROLOU, foi a primeira vez em que me senti em uma fanfic, eu juro pela minha vida que eu senti minha barriga cheia de borboletas e eu estava muito nervosa. Foi tão fanfiqueiro o beijo que tinha até suspiros no meio, sabe, quando você admite que está gostando ao se derreter num suspiro? Eu nunca fiquei tão feliz por causa de um beijo. No entanto, quando a gente se separou, o nervosismo bateu, eu levantei e saí andando para cozinha. E eu voltei, ela tava sentada no sofá como estava antes, daí eu saí e voltei, até parar no lugar e olhar para ela. Lulu tava com um olhar tranquilo e super na boa, enquanto eu estava tremendo, e mais tarde ela ainda teve a cara de pau em falar que estava super nervosa igual a mim. Ok, né, eu acho que ela percebeu e me chamou para voltar pro sofá, pedindo por mais um beijo, e mano, se eu não estivesse vermelha, naquele momento estava ardendo que nem pimenta. Rolou mais um beijo, um pouco mais quente que o anterior, mas foi aí que eu fiquei mais nervosa ainda pq eu nunca tinha me sentido assim a alguém, então, quando nos separamos de novo, eu fiquei vários e vários minutos abraçada a Lulu, acalmando os ânimos, tentando apagar o fogo que só aumentava. No final, ela teve que ir embora, pois estava ficando tarde e ela tinha que voltar para casa logo, eu fiquei por muito tempo pensando no beijo e acabou sendo o único de nosso relacionamento. O próximo post, conto sobre o porquê que foi o único.
submitted by GazellaLachifre to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.27 20:49 frnvndx Galera, eu sou um babaca por não contar a minha mina sobre as pretensões da minha ex?

Olá luba, editores, e a galera toda, gosto muito do canal, comecei a acompanhar faz pouco tempo e decidi contar a minha história aqui pra vcs me julgarem como achar necessário
Vou tentar resumir a história ao máximo, mas ela tá bem longa, me perdoem kkk
Quando eu era pequeno eu sempre fui um cara zoado, que tinha muitos colegas mas era amigo de poucas pessoas, quando eu estava no colégio, na 5 série eu conheci uma muito legal, vamos chamá-la de Carla. A Carla era muito minha amiga e a gente andava sempre junto e talz, ficamos uns 2 anos nessa amizade bem próxima e eu comecei a gostar dela, até que ela acabou mudando de bairro e trocou de escola. A gente continuava se falando pelas redes sociais, mas não éramos tão juntos mais (fazem 4 anos que ela se mudou e paramos de ser tão juntos quanto antes) Aí depois dela se mudar eu acabei conhecendo outra mina muto gente boa que vamos chamar de Silvia. Eu e a Sílvia ficamos muito amigos, cada vez mais e eu me distanciava cada vez mais da Carla, não que eu quisesse isso, mas que a gente não era mais tão amigo assim, e a gente foi se afastando ( lembrando que a Sílvia e a Carla se conheciam mas não eram amigas nem conversavam) Há 2 anos atrás (2 anos depois da Carla ter se mudado e a gente ter se distanciado) ela me chamou no Facebook e começamos a conversar, e ficamos amigos novamente (e eu era o melhor amigo da Silvia e era amigos das duas) aí era uma época que eu tava muito carente e a Carla tbm, então a gente começou a namorar... Não era algo muito sério, a gente se gostava, mas eu não cheguei a contar pra ngm na época, só pra Silvia... Depois de pouco tempo de namoro descobri que ela conversava com outros caras e que ficava fazendo outras coisas não muito legais, como mandar fotos de semi nude/nude pra ele, o que me fez ter uma discussão com ela e eu terminei tudo, eu bloqueei ela de tudo e parei de falar com ela. Depois de muito tempo desse termino eu fiquei ainda mais próximo da Silvia e recentemente falei com ela que gostava dela e queria ficar com ela, ela disse que tbm gostava de mim e que ia ficar comigo, só que não queria um relacionamento sério, então eu aceitei e hoje temos um relacionamento legal, mas não é bem um namoro, por mais que eu queira que fosse ela disse que não tava preparada, e eu respeitei isso (estamos juntos há uns 4 meses) Só que semana passada eu recebi uma mensagem da Carla, que disse que precisava falar comigo, perguntei o que era e ela começou a contar a vida dela depois daquele termino, que segundo ela a vida só foi por água abaixo, que ela namorou um cara que quase a molestou, e que ela tava muito mal, muito deprimida e sentia muita dificuldade em confiar em alguém, e que se arrependia de ter feito aquilo comigo. Começamos a conversar, eu tava tentando entender a história dela, até pq se ela veio falar comigo é pq ela ainda sentia confiança em mim, e eu apesar de tudo achava ela uma ótima pessoa e poderíamos ser amigos. Ela falou do relacionamento abusivo dela e talz e começou a falar que sentia saudades de mim, ela me perguntou se eu tava gostando de alguém, eu falei que gostava sim de outra pessoa, mas que não tava em relacionamento sério (não disse o nome da pessoa que eu tava ficando, então ela não sabe que é a Sílvia) aí ela veio querer conversar e ficamos trocando ideia por mais ou menos 1 semana, ela me contou os casos dela e eu os meus, tava tudo indo bem, aí ela começou a falar umas coisas de p***ria mas ela não tava sendo evasiva demais, era umas perguntas não tão pesadas e eu acabei relevando e respondendo, quando ela começou a dizer que queria fazer uns trabalhos comigo (quando eu digo trabalhos, é trabalhos com a boca dela em minhas genitálias) aí eu dei bola um pouco mas não fui muito afundo e disse a ela que aquele papo não ia seguir adiante pq eu com o já tinha dito a ela estava ficando com alguém, aí ela vaio com os papos de "sim, mas quando vc terminar eu vou estar aqui pra vc" mas eu não dei muita bola pq achei que ela tava mal por causa do último relacionamento dela, e não queria magoar Ela continuou com uns papos dizendo que queria me beijar e tal, eu continuei insistindo pra mudarmos de assunto, mas no fundo eu pensava "que mal tem? Não tô num relacionamento sério msm" então dava bola pra ela, mas não o suficiente pra deixar na cara que eu queria ela, até pq eu gostava muito da Silvia, e eu deixei bem claro isso pra Carla (não disse o nome da Silvia pra ela) A Sílvia queria ficar comigo esses dias eu disse que não podia por causa da quarentena mas que quando isso terminasse a gente já marcar pra comemorar o aniversário dela (pq foi bem no meio da quarentena) e ela perguntou se eu já tinha ficado com outra pessoa enquanto eu ficava com ela, eu disse que não, que amava ela e talz, e não tive coragem de falar com ela sobre voltar a conversar com a Carla e sobre as intenções dela comigo, e continuei conversando com a Carla, dando bola pra ela, mas toda vez que a conversa ficava mais quente eu cortava o assunto ou lembrava a ela que gostava de outra pessoa..
Sou um babaca por não ter contado, nem ter exterminado a esperança da Carla por mim?
submitted by frnvndx to TurmaFeira [link] [comments]


2020.04.03 22:41 nick130 Como saber se ela realmente gosta de mim ou só gosta do meu corpo e de me usar?

Tenho 21 anos e estou ficando sério com uma menina a 5 meses, a gente se conheceu em uma festa e transou nesse mesmo dia, desde então a gente vem se falando e ficando, já pedi ela em namora mês passado e ela disse que queria só ficar sério por enquanto, e foi aí que começou as dúvidas na minha cabeça.
Eu não me considero um cara bonito, mas tenho um corpo bem legal e isso me salva kkkkk malho desde os 14 anos. E a gente começou a conversar por causa disso, ela pediu para sentir meu braço, e aí tudo começou, e estou começando a sentir que nossa relação e totalmente rodeada em sexo e em rede social, nos mal saímos para um cinema ou jantar, toda vez que digo para fazermos algo assim ela sempre rebate dizendo que hoje tá com vontade de ir para cama, e quando não é isso é um churrasco ou ir para praia onde ela passa mais tempo tirando foto nossa e minha do que realmente conversando e se divertindo.
Estou postando isso agora por que estou realmente cogitando acabar tudo por causa dessa última dela, ela tem um certo grupos de amigas que ela gosta de mandar fotos minhas e meio que se amostra, como disse não sou muito bonito, mas tenho um corpo legal, eu não ligava para isso até se tornar algo recorrente, e ao conversar com algumas amigas dela notei que todos os exs dela eram parecidos, caras sarados que ela postava todo dia no Instagram, mas a última que me deixou com ódio foi que a mais de um mês que ela pede para mandar uma nude minha em um pequeno grupo de amigas próximas dela, eu já disse mil vezes que não me sinto confortável com isso, sei que ela já falou para essas amigas sobre meu dote e como sou na cama, não liguei muito para isso já que acho que amigas falam isso para outras amigas próximas, mas foto já e demais, mesmo ela dizendo que as outras amigas mandam foto do pau dos namorados lá; enfim, só sei que ontem ela pediu para eu pegar o celular dela e mandar uns documentos do celular para a mãe dela no WhatsApp e vi nesse tal grupo uns comentários entranhas, sei que não é certo o que fiz mas abri para ver o que era, ela tinha enviado no grupo uma nude minha que tinha mandando para ela a muito tempo e uma foto nossa trepando, eu fiquei furioso e fui perguntar para ela que po**a era essa, que eu não tinha dado permissão para mandar foto nua minha para ninguém, e ela ficou rebatendo dizendo que eu que não tinha permissão de ficar vendo o WhatsApp dela, que é normal a namorada querer se gabar para as amigas. Sai da casa dela e não falei com ela desde então, estou furioso até agora como ela pode mandar para outras pessoas algo tão pessoal, a foto que ela mandou não mostra meu rosto mas mesmo assim, já tive nude minha vazada e não quero isso de novo...
Ela está me mandando mensagem desde ontem a noite, algumas pedindo desculpa e dizendo que as amigas prometeram não mandar para ninguém e outras dizendo que eu sou um babaca que isso que ela fez e normal, que ela não se importa comigo e só tá comigo poraquê fodo bem, e depois volta para pedir desculpa e que tá com a cabeça quente, oscilando assim... Para vocês que perguntam por que ainda to com essa menina é por que quero namoras ela, bem, antes disso eu suspeitava que ela só ficava comigo por aparência, mas além dela ser muito bonito, eu gosto dela e acho que, nos poucos momentos que tivemos sem ser sexo ou tirando foto, eu gosto, quando ela está no bom dia ela é uma pessoa legal e eu vivo nessa ilusão que, sei lá, se começarmos a namorar mesmo talvez esse lado “normal” dela fique maior, talvez seja apenas wishfull thinking, e esses últimos acontecimentos talvez sejam prova disso.
Vocês acham que eu deveria realmente acabar com ela, ou que eu deveria voltar e tentando ficar com ela e ver no que dá? Ainda existe esperança nela?
TL;DR Ficando sério com uma mina a 5 meses que só se importa com meu corpo e meu pau, se interessa muito pouco em atividades nas quais não sejam sexo ou se amostrar para as amigas, recentemente mandou uma nude minha para um grupo de amigas sem minha permissão, será que ela fez isso por mal e realmente não se importa comigo e só quer sexo e inflar seu ego me usado ou posso tentar transformar ela em uma pessoa melhor e isso é só uma fase?
submitted by nick130 to sexualidade [link] [comments]


2020.03.26 02:27 KatarinaMolovSOP Amor próprio não preenche a necessidade de se sentir amado.

Tenho depressão já fazem 6 anos, e uma constante que me acompanha é essa necessidade de ser amada. Eu cresci com teto, comida quente, escola particular e convênio médico, mas não cresci com amor. Fui uma gravidez indesejada de um casamento que já tava desmoronando, e por minha causa meus pais permaneceram casados por mais 7 anos, okay, eu sou a mais nova de 3 irmãs, e depois do divórcio parece que meus pais ficaram tão focados em destruir um ao outro que esqueceram de amar as filhas. Quando entrei pra adolescência comecei a apanhar quase diariamente, minha mãe me batia pelo motivo mais besta, e ela já chegou a passar do limite algumas vezes, a ponto de me deixar roxa. Cresci me sentindo abandonada, e até hoje esse sentimento perdura. Comecei a namorar um cara que me acolheu, e a família dele meio que me adotou, e era ótimo, caralho, finalmente eu tinha uma mãe, um cara que me amava, uma família. Mas quando issi acabou eu fiquei péssima por que perdi tudo de novo, e até hoje não superei esse buraco enorme que ficou. Já fazem 5 meses mas a dor é a mesma desde o primeiro dia.
Falei pra minha psiquiatra e pra minha psicologa que eu sinto falta de me sentir amada, e elas recomendaram que eu pratique o amor próprio, mas o amor próprio não preenche essa necessidade de se sentir amada e acolhida por outra pessoa. Isso vem me causando muita dor, e vontade de me auto agredir, e tá ficando insuportável. Eu sei o quanto isso é patético, mas tá doendo demais. E afinal, onde que ter amor próprio vai me ajudar nisso, minha psiquiatra disse que parece que eu não gosto de mim, mas como? Quero sentir um abraço quente, um beijo na testa, palavras de conforto, quero me sentir amada por alguém e ter alguém pra amar.
submitted by KatarinaMolovSOP to desabafos [link] [comments]


2020.01.09 18:40 2_latenow Aquelas de filme que ninguém acredita

E ai galera, tudo certo?
Tenho que começar falando que a história que vou contar parece impossível, inimaginável de acontecer na vida real e inacreditável também, então tire suas conclusões e acreditando ou não, essa é a minha verdade.
Quando minha avó tinha 13 anos, meu avô começou a "cortejá-la" e com 15 (ele com 19) começaram a namorar e dois anos depois casaram. Os dois se conheceram em uma rádio famosa da minha cidade na época deles e nessa mesma rádio trabalhava uma mulher que hoje é jornalista em uma rede de TV famosa (lembrem dela), uma coisa engraçada, ela deu em cima do meu avô quando namorava minha avó e foi perguntar pra ela o que ela queria com o João Carlos (nome artístico dele), alegando que o mesmo era seu namorado.
Meu avô era branco dos olhos azuis e minha avó era considerada negra pela família. Ele foi deserdado pela por se casar com minha avó e então sem ajuda de custo alguma (como muitos casais fazem), começou sua vida junto de minha amada veia, perguntou até se ela o aceitaria mesmo assim e pasmem, ela aceitou (minha avó nada interesseira). Antes minha ela não tivesse aceitado nada, pois mal ela sabia que a grande merda iria acontecer depois que ele morresse.
Anos se passaram ele teve o primeiro filho, (que talvez não seja filho de nenhum dos dois, seja adotado, mas isso é história pra outro desabafo) começou a ganhar dinheiro, construiu uma casa de madeira e tudo, depois de tempos tiveram mais dois filhos e uma vida bem estruturada, ele construiu uma casa de praia pra ela, comprou uma lanchonete no nome dela e da minha mãe, comprou uma empresa para os meus tios e tava tudo bem, todos trabalhando, todos tinham seus carros e todos ganhando seu dinheiro (minha família era o famoso meme "eu tenho pq mereci". Até que ele decidiu em um dia vender tudo de todos, o que mais afetou foi a lanchonete da minha vó, pois ela amava o que ela fazia e ele conseguiu vender sem permissão, como? Ele tinha a costa quente e conseguia fazer tudo o que queria, quando queria.
Eles tinham uma vida boa, nunca faltou comida, roupa, nada para ninguém. Nesse tempo eu nasci, nasci em berço de outro, como muitos diziam. Eu era extremamente mimada, ganhava de roupas a brinquedos quase toda a semana, até que ele faleceu. O cara morreu quando eu tinha 3 anos de idade, todo mundo ficou abalado e pensando que nada poderia ser pior que ele morrer, deixando 3 filhos dependentes dele, umas esposa mais dependete ainda e uma criança que não sabia nem cagar no pinico direito, até ai tudo bem.
No dia seguinte foram ver os preparativos para enterro, comprar lote em cemitério e etc, entretando o dinheiro do meu avô havia sumido completamente, todo o dinheiro, documentos, ações de banco, absolutamente tudo, mas minha avó tentou tranquilizar todo mundo, pois ela tinha uma poupança que nunca tinha mexido então o dinheiro daria pra sustentar tudo até geral conseguir um bom emprego (até então eles só trabalhavam pro meu avô). O que ela não sabia é que ele tinha pego esse dinheiro também, como? Ele conseguiu falsificar a assinatura dela e o banco não conferiu merda nenhuma.
Da noite para o dia nossa família ficou pobre, se ter dinheiro pra comprar comida, uma noite eu levantei com fome e comi arroz puro pq era o que tinha. Geral lá de casa deixava de comer pra me dar, eles fizeram conta em frutaria, a gente sobrivevia de sexta básica e assim conseguimos nos levantar. Galera conseguiu trampo, voltamos a ficar bem de novo, não como antes, mas melhor do que passar fome e assim foi indo até que eles decidiram vender a casa, burrice pq a gente não pagaria aluguel e passaria a pagar. Era uma casa de 24 peças onde eu nao precisava sair para brincar ou fazer qualquer coisa do tipo e hoje moramos em uma casa de 2 quartos, um médio outros pequeno, sala, cozinha, banheiro e garagem onde meu tio dorme, sim meu tio dorme na garagem.
Um tempo atrás, alguns conhecidos antigos nos encontraram na rua e falaram a seguinte frase "nossa, vocês devem estar bem de vida com o hotel que o fulano deixou pra vocês", partir dai minha avó decidiu ver onde estava tudo, "contratou" advogado para achar tudo. Ah, acho que não contei que quando minha avó foi ver bagulho de penção, ela não conseguiu, pois o nome do meu avô não constava como casado com ela. Voltando, ela fez de tudo pra achar e semana passada tivemos uma resposta: ta com a mulher da rádio que eu disse pra lembrar... uma parte só, a outra pelo jeito ta em uma cidade aqui perto com uma mulher que alega ser filha dele.
Ou seja, meu avô era um grande babaca, que traiu minha avó com a mulher da rádio e com mais alguma pra ter uma suposta filha, deixou todo o dinheiro dele pra elas, sem pensar que a gente poderia precisar e ferrou com todo mundo, menos comigo pq sou nova e consigo me carregar com minhas pernas.
Hoje meu tio (o que dorme fora de casa, na garagem) precisa de duas cirurgias e está esperando pelo SUS, talvez daqui um ano saia e minha avó tem cancer com metastase pro rim. Então é isso ai galera, eu to muito puta da vida, de mãos atadas vendo minha família sofrer. Hoje mesmo a mulher tava na televisão e minha avó veio chorar comigo, pq não aguenta ver a cara dela.
submitted by 2_latenow to desabafos [link] [comments]


Hora Quente com Dj Lutonda - YouTube AS NAMORADAS DO GTA SAN ANDREAS! - YouTube Amor É Diferente - PAULA MATTOS part. ZÉ FELIPE - YouTube NAMORAR HOMENS MAIS VELHOS Feat. Dora FIgueiredo Fruta Quente - Caribena 5 melhores posições sexuais para uma penetração profunda ... MC Kekel - Namorar Pra Quê? (KondZilla) - YouTube

11 coisas esquisitas que mulheres negras já ouviram ao ...

  1. Hora Quente com Dj Lutonda - YouTube
  2. AS NAMORADAS DO GTA SAN ANDREAS! - YouTube
  3. Amor É Diferente - PAULA MATTOS part. ZÉ FELIPE - YouTube
  4. NAMORAR HOMENS MAIS VELHOS Feat. Dora FIgueiredo
  5. Fruta Quente - Caribena
  6. 5 melhores posições sexuais para uma penetração profunda ...
  7. MC Kekel - Namorar Pra Quê? (KondZilla) - YouTube

15 videos Play all All Tracks - Banda Fruta Quente Fruta Quente - Topic Louca saudade - Lenny Bandeira - Brega marcante da década de 90 - Duration: 3:09. Paulo Afonso Campos Cavalcante 324,149 views Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. DEIXE UM GOSTEI E TOMÉ UM CAFÉ QUENTE! SIGA-ME OS NOBRES: • Instagram: http://instagram.com/willian_ro • Meu twitter: http://twitter.com/willian_ro • Faceboo... Inscreva-se no NOVO CANAL da KondZilla http://bit.ly/CanalPortalKondZilla Escute a playlist do KondZilla no Spotify: https://ONErpm.lnk.to/KondZilla Acompanh... Canal Dora: https://www.youtube.com/channel/UCkBiylq9jydiAO43NcguTFQ ME ENCONTRE NAS REDES SOCIAIS: Instagram: @araujocaah @teamcarolaraujo Snapchat: arauj... AMOR É DIFERENTE part. ZÉ FELIPE Composição: Paula Mattos/ Marco Aurélio Shows: +55 11 953 103 677 - [email protected] Gravadora: Warner Music Produçã... Nesse novo vídeo do umCOMO vamos dar algumas dicas sobre as 5 melhores posições sexuais. São posições que farão com que você a outra pessoa sintam muito praz...